delibera

O coletivo delibera trabalha com uma forma inédita e democrática de atuação da sociedade nas decisões de pautas políticas do país, de comunidades, de cidades e até mesmo de bairros.

A inovação está no método aleatório para convocar as pessoas que vão se reunir para deliberar uma pauta. Qualquer cidadão tem chance de participar e é até melhor se for leigo no assunto. Fazemos um mergulho coletivo para conhecer, entender, debater e deliberar ações.

O resultado é o encaixe da visão e do poder de cidadãos comuns numa decisão política importante. As deliberações fortalecem a democracia porque mesmo quem não participou, se reconhece e se sente representado na decisão.

+

Como funciona

  1. O delibera trabalha com minipúblicos: um grupo escolhido aleatoriamente, por sorteio e cotas, para construir uma pauta.
  2. Este grupo de cidadãs e cidadãos comuns passa por uma imersão sobre o assunto. Com a participação de especialistas, eles são munidos de informações diversas, concretas e imparciais que vão fomentar a discussão.
  1. É hora de entrar no modo cidadão. Nos encontros, todas as vozes têm o mesmo peso, todos os argumentos são respeitados, todas as opiniões são embasadas. Com tempo e informação, todo mundo pode chegar a soluções mais justas e convergentes.
  2. No final, o grupo elabora um registro da deliberação. Uma ponte de participação concreta entre a comunidade e quem vai decidir sobre a pauta. Os resultados não são apenas sugestões, são um encaixe das decisões comunitárias numa pauta política.

Nosso trabalho

  • Decidadania: o clima na pauta legislativa

    A segunda edição do programa Decidadania tem como objetivo promover o diálogo entre a população e o poder público municipal. Desta vez, o foco será na agenda climática, permitindo que os cidadãos influenciem na criação de projetos de lei e políticas públicas nas suas cidades. Uma iniciativa do coletivo Delibera Brasil que conta com a parceria estratégica do  ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade e da Escola do Parlamento, e financiamento do National Endowment for Democracy (NED).

    +
  • Orla Viva

    Primeira experiência brasileira de Deliberação Cidadã em parceria com o Poder Legislativo. O Minipúblico “Orla Viva” fez uma recomendação cidadã para a revitalização da orla das praias da Avenida Soares Lopes, em Ilhéus.
    Uma iniciativa da Comissão Especial de estudos sobre a Urbanização da Avenida Soares Lopes, da Câmara Municipal de Ilhéus. Apoio Instituto Arapyau e Nossa Ilhéus.

    +
  • Decidadania

    O Decidadania tem o objetivo de promover a participação cidadã informada nos processos de decisão pública no Brasil.
    Trazer a onda deliberativa para o Brasil motivou o desenho da iniciativa, que obteve o apoio do National Endowment for Democracy (NED) para se tornar realidade.

    +
  • (Re)age SP

    Só teremos uma cidade melhor com a participação dos cidadãos e cidadãs nas decisões. Por isso, esse projeto-piloto realizado nas subprefeituras de São Miguel Paulista e Pirituba Jaraguá do município de São Paulo, fez uma consulta qualificada a um grupo representativo da população local sobre o planejamento orçamentário quadrienal.

    Uma parceria entre Fundação Tide Setubal e Rede Nossa São Paulo.

    +

Nossa rede

  • Pacto pela Democracia
  • Rede Conhecimento Social
  • NUPPS
  • Democracy R&D
  • Sitawi